EDUCAÇÃO FÍSICA E BEM-ESTAR

Primeiramente gostaria de falar sobre “DADRF”, sigla na qual criei ao falarmos sobre determinação, autoestima,  disciplina e resistencia à frustração. Não quero falar dos efeitos neurais adivindos da atividade física, sensação de alivio de tensões, aumento de neurotransmissão, sensação de bem estar. E sim como teu cerebro se desenvolve em paralelo aos seus musculos.

Os verdadeiros efeitos psicológicos são sentidos a partir do momento em que enchergamos um atleta de corrida, em seu sprint final, mesmo com toda dor e desconforto, consegue levar seu corpo ao final da prova. Corredores de automobilismo que passam horas concentrados e sempre com frieza nas utrapassangens, um cirurgião em uma cirurgia. Como essas pessoas teem essa capacidade de testar e por a prova seus proprios limites? As respostas estão na mente dessas pessoas, no que aprendem e alimentam através do exercício. Tudo isso representa o que podemos adiquirir quando fazemos alguma atividade física.

arte-bem-estar

Com isso, vamos falar um pouco sobre esses fatores nos quais fazem com que seja possivel tais feitos:

Determinação: Muitas vezes a nossa rotina diária tende a nos colocar em situações que nos deixam, a cada dia, atarefados. Acarretando numa falta de “tempo” para a pratica da atividade física. O exercício físico não é remédio, mais ajuda a seguir em frente, buscar objetivos novos, querer sempre melhorar pra seguir adiante.

Autoestima: Quando nos vemos como capazes de nos por à prova, de dizer “não” para as coisas que realmente não queremos, como vencedores de medos, ansiedades e angústias; quando nosso corpo e saúde caminham e/ou atingem nossos objetivos, nossa autoestima se fortalece. A atividade física, o treino pode ser usado de diversas formas: podemos esquecer os problemas enquanto nadamos; ou é possível que vejamos nossos adversários e obstáculos caindo por terra enquanto levantamos peso repetidas vezes; também podemos pensar na vida e organizar os pensamentos durante uma caminhada. Que sentido você dá para o seu exercício? Como ele está fortalecendo sua autoestima, ajudando você a gostar e dar mais valor a si mesmo?

Disciplina: O simples fato de nos habituarmos a acordar cedo para fazer determinada atividade. Nesse ato simples, você está fortalecendo sua capacidade de escolher o que quer, renunciando a outros prazeres, como a tentadora saidinha com os amigos; está exercendo suas habilidades de planejamento, definindo aonde quer chegar, suas metas de peso e saúde; está assumindo o controle sobre suas emoções, ao vencer a vontade de ficar em casa, ao derrubar seu medo de não conseguir dar “duas voltas no parque”. Todas essas habilidades cognitivas, comportamentais e emocionais vão refletir diretamente no seu dia-a-dia, no seu trabalho e relacionamentos.

Resistencia a frustração: Palavra mais conhecida como garra, que em seu sentido figurado tem o sentido de determinação, força de vontade. A determinação, a disciplina nos ajuda a não desistir diante dos obstaculos negativos. Está chovendo, corpo dolorido, fiquei sem carro pra ir pra academia ou correr, não perdeu o peso almejado ou não esta mais forte. Da pra perceber como o exercício físico é um exercício que requer um psicológico poderoso? Da pra perceber o quanto você precisa ser firme para suportar as adversidades que a vida nos propõe?

Quando decidimos, somos orientados ou obrigados a iniciar atividades físicas regulares, iniciamos ao mesmo tempo, uma luta contra hábitos, crenças e pensamentos antigos. Tudo isso vai influenciar nossa resistência à frustração, contribuindo para o abandono dos exercícios. Hábitos antigos se referem aos nossos costumes: a cervejinha diária, a vida excessivamente voltada ao trabalho, o namoro com o sofá e a tv, a badalação, etc.

As crenças são esquemas mentais que funcionam como regras para nossa relação com mundo ou com nós mesmos. Os benefícios psicológicos da atividade fisica vão além de saúde do corpo, ficar forte ou emagrecer. Procure ao máximo trazer essa realidade para sua vida, mudança de hábitos não só fará bem pro corpo, como trará outra realidade e perspectiva para seguir em frente. Algumas dicas se fazem importantes para melhorar a saúde mental e consequentemente conseguir evoluir ficamente, independente do seu objetivo: busque novos estímulos (pessoas que lhe ajudem a trilhar novos caminhos, personal novo, nutricionista nova), tire 30 minutos do seu dia para fazer uma leitura, ao invés de asstisr TV, quando tiver se sentindo triste, vá a academia ou sair pra correr, para sentir os benefícios da serotonina no seu bem estar.

 

Desenvolva o bem-estar:

1) Melhora a autoestima

Um dos principais benefícios psicológicos da atividade física é melhorar a autoestima. Pacientes com depressão, transtorno bordedeline, ansiedade, transtornos de imagem podem ter o tratamento favorecido com a prática de atividades físicas.

2) Reduz o estresse

A redução do estresse é também um dos principais benefícios psicológicos da atividade física. A atenção requerida e desviada para o controle do corpo, faz que com preocupações muitas vezes provocadas por ansiedade ou transtornos sociais sejam reduzidas a medida que se realiza práticas físicas.

3) Protege o sistema cognitivo, prevenindo doenças degenerativas

Ao estimular a oxigenação do cérebro, as neurotransmissões são favorecidas. Também estimula a memória e afasta pensamentos ruins. Com isso o organismo reduz a produção de cortisol que é descarregado no sangue. Também proporciona a melhora o sistema cognitivo, reduz o envelhecimento precoce das células e promove a longevidade.

4) Reforça o sistema imunológico, severamente prejudicado por doenças mentais

O sistema imunológico costuma ser severamente prejudicado por transtornos psicológicos, facilitando doenças ocasionais, como resfriados, dores de cabeça e problemas do trato intestinal. Ao praticar exercícios, os hormônios da felicidade — serotonina, endorfina e dopamina — se encarregam de reforçar nossos sistemas de defesa. Esses hormônios são produzidos em maiores quantidades pelo corpo graças as atividades físicas.

5) Aumenta a disposição, garantindo mais produtividade

O cansaço e a falta de motivação afeta pessoas que sofrem com diversos transtornos psicológicos. Obviamente a prática esportiva fará com o corpo passe a receber hormônios que garantem nossa disposição e bem-estar. Também favorece a qualidade do sono, e após uma noite bem dormida a chance de ter um dia com mais qualidade é muito maior.

 

A Supere Psicologia está sempre do seu lado.

 

Lucas Spinelli Moura

Personal Trainer /CREF: 6727-G/PE

l.spin.moura@gmail.com

 

Thaiana F. Brotto. 5 benefícios psicológicos da atividade física. Link: https://www.psicologosberrini.com.br/psicologia-e-psicologo/beneficios-psicologicos-da-atividade-fisica/. Acessado em 04/08/2018.

Sem Comentários


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*